100%

1º Encontro de Debates de Cidadania e Direitos Humanos reúne cerca de 60 pessoas

1º Encontro de Debates de Cidadania e Direitos Humanos reúne cerca de 60 pessoas Evento possibilitou troca de experiências e reflexões sobre assuntos importantes relacionados à vítimas de violência e preconceito, direitos e deveres dos cidadãos.
Na tarde desta segunda-feira, 11/12, o plenário Manoel Osório Marques, da Câmara de Vereadores recebeu  o 1º Encontro de Debates de Cidadania e Direitos Humanos de Tramandaí, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência  Social. O evento reuniu cerca de 60 pessoas para trocar experiências  e fazer reflexões sobre assuntos importantes relacionados à vítimas de violência e preconceito, direitos e deveres dos cidadãos, entre outras temáticas. O encontro contou  com a  palestra da assessora técnica da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), da Assembleia Legislativa do Estado,  Ariane Leitão.

O presidente do Legislativo,  Clayton Ramos (PT) propôs a todos que ao final do Encontro seja possível traçar uma agenda e que esta  não seja importante apenas para Tramandaí, mas  que una todo o Litoral.
A vereadora Mana Padilha (PSDB) lembrou que a luta dos direitos começou na década de 40, no pós-guerra, com a criação, por mais de 200 países, de um documento que garantisse  direitos para  que todas as pessoas fossem tratadas com dignidade e para que tivessem garantias de vida,  trabalho,  educação,  liberdade, ou seja, que as pessoas tenham os direito mínimos  assegurados.

O prefeito Luiz Carlos Gauto, lembra que as cidades litorâneas têm características muito particulares. Tramandaí por exemplo parte dos 50 mil habitantes durante o ano, para cerca de 200 mil nos meses de verão. Atender a essa mudança  de população é sempre um desafio. O secretário de  Segurança, Direitos Humanos e Transporte,  Claudiomir da  Silva Pedro, lembra que cidadania é um processo na busca dos seus direitos e em contrapartida de seus deveres.

 A Secretária Cristiane Muller, anfitriã e mediadora revela que Tramandaí possui  dois mil moradores em situação de pobreza extrema e cerca de 35 moradores de rua, que são atendidos. Um dos principais objetivos da secretaria é de possibilitar a essas pessoas independências  e autonomia para seguirem sozinhos.

Compuseram a mesa as seguintes autoridades: o presidente do Legislativo Clayton Ramos (PT), a vereadora e presidente da Procuradoria da Mulher, Mana Padilha (PSDB) o prefeito Luiz Carlos Gauto, o secretário municipal de  Segurança, Direitos Humanos e Transporte,  Claudiomir da  Silva Pedro e a anfitriã do evento, a secretária municipal de Desenvolvimento e Assistência  Social, Cristiane Muller.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 12/12/2017 - 14:32:02 por: Imprensa - Alterado em: 12/12/2017 - 14:32:02 por: Imprensa

Notícias

Conheça o Portal da Transparência da Câmara de Vereadores de Tramandaí
Conheça o Portal da Transparência da Câmara de Vereadores de Tramandaí

O Portal da Transparência da Câmara de Vereadores de Tramandaí é um Instrumento que possibilita ao cidadão o acompanhamento da aplicação dos recursos destinados ao poder legislativo através dos processos de compras, licitações, contratos e despesas com pessoal, com objetivo de informar a destinação do recurso publico.